sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Guará será palco dos esportes radicais no fim de semana

No próximo sábado (24/10) e domingo (25/10), os amantes de esportes radicais já têm compromisso. A segunda edição dos Jogos dos Esportes Radicais de Brasília (Brasília Games) será no Teatro de Arena do Centro Administrativo Vivencial e Esporte (Cave), no Guará II. As atividades começam às 8h e vão até a meia-noite, com apresentação de bandas da capital e outras renomadas em todo o país.
O evento terá competições de motocross, bicicross, skate, além de muro de escalada, bungee jump, paraquedismo, batizado de capoeira, taekwondo, karatê e basquete de rua da Central Única das Favelas (CUFA).Para abertura está programada uma passeata dos atletas pela cidade, com o tema “Diga não às drogas”.
Os jogos são abertos a toda a comunidade, com entrada gratuita. Para os atletas que desejam competir, as inscrições começaram na semana passada e vão até o dia do evento. São realizadas na Federação de Motociclismo, Associação de Bicicross, Associação de Skate da Capital e lojas de skate no Conic. Para se inscrever é preciso entregar 1kg de alimento, que será doado para uma instituição de caridade do Guará.
Além das atividades esportivas, o Brasília Games terá apresentações das bandas Detonautas, Plebe Rude e Brown-Há, do produtor Giuliano Manfredini, filho de Renato Russo, e várias bandas locais.

Organização
O evento é organizado pela Coordenação para Assuntos da Criança, Adolescente e Juventude da Secretaria de Justiça do DF (Sejus), em parceria com a Administração do Guará.
A primeira edição do Brasília Games foi em 1997, no Guará. De lá para cá, o projeto não conseguiu mais apoio, patrocínio e estrutura. Segundo Lennon Custódio, coordenador do evento, há grande expectativa para futuras edições. “O evento já estará no calendário oficial de eventos do governo, o que facilita na organização dos próximos”, diz.
Para o ano que vem, já está programado um evento esportivo com várias etapas. A programação inclui esportes náuticos, realizados no Lago Paranoá. O evento está dentro das comemorações pelos 50 anos de Brasília.
Lennon afirma que outras cidades satélites também podem ser palco dessas atrações nos próximos anos. No entanto, ressalta que o apoio das Administrações Regionais é essencial. “No Guará há grande estrutura esportiva. As outras cidades precisam disponibilizar maquinário e mão-de-obra para novas construções”. Os organizadores esperam cerca de 15 mil pessoas por dia no evento.

Expectativas
A Associação de Skate da Capital (ASC) tem grandes expectativas para o evento. De acordo com o presidente da associação, Francisco Pessanha, conhecido como Chiquinho, são esperados 100 competidores. Desde a semana passada, quando começaram as inscrições, já há 20 skatistas pré-inscritos. Ele serão divididos em três categorias, de acordo com o nível das habilidades com o skate.
Além das competições, a ASC organiza workshops e exposições sobre skate. Chiquinho diz que a maior dificuldade na promoção de eventos é a falta de patrocínio. De acordo com ele, o Brasília Games será muito importante para o crescimento dos eventos de skate no DF. “Conseguiremos realizar um evento com a estrutura que deve ter, com premiação, juízes, fiscais de pista e locutores”, comemora.

Cidadania
Para os fãs do skate, uma boa notícia: está confirmada a presença dos skatistas Otavio Neto, 5º colocado no Circuito Mundial 2005 (wcsk8) e bicampeão do best trick (campeonato de melhor manobra) da competição Oi Vert Jam de 2007 e 2009, e Rony Gomes, campeão brasileiro de 2008 e campeão mundial no TampaAm 2009, na Flórida, EUA.
O Brasília Games 2009 também oferecerá oficinas de DJ´s, B-boys, B-girls (dançarinos de breakdance, estilo de dança de rua) e grafite para crianças carentes da Cidade Estrutural. Além disso, o evento contará com serviços da Sejus, Procon Móvel e Unidade Móvel do Museu das Drogas da Polícia Civil do DF.

Um comentário: