quinta-feira, 24 de março de 2011

Brasília sedia a 22ª etapa do Shooto Brasil e vale o cinturão Sul Americano.Este é o mais conceituado e respeitado evento de MMA do Brasil

O ginásio Nilson Nelson, em Brasília, será palco de um dos eventos mais conceituados e respeitados de MMA (Mixed Martial Arts) do Brasil. É a 22a edição do Shooto Brasil.
As lutas serão realizadas no dia 1º de abril, a partir das 20h, no Ginásio Nilson Nelson. Serão onze lutas de tirar o fôlego e três principais com disputas de cinturão Sul Americano.
Além de grandes lutas, o evento contará com a presença da "Panicat" Juju e das integrantes do programa "LEGENDÁRIOS", Carol Dias e Débora Morais como RING GIRLS.
"Esse vai ser o maior evento já realizado no Brasil. Além da disputa dos cinturões, teremos outras lutas importantes para o cenário nacional de MMA. Só em 2010 foram realizados 7 edições do Shooto. Esta será a 22a e realizaremos mais 2 até o final do ano em Brasília, mais 5 no Rio de Janeiro e 1 em São Paulo", garante o presidente do Shooto Sul-Americano, André Pederneiras.

Serão vendidos três tipos de ingressos: CADEIRA VIP (anel inferior do ginásio), MESA VIP (para 4 pessoas com direito a salgados, refrigerante e água - bebidas alcoólicas pagas a parte), MESA PREMIUM (para 4 pessoas com direito a salgados, refrigerante, água e um combo com whisky Johnie Walker ou vodka Absolut com energético incluído). Os ingressos poderão ser adquiridos nas lojas Chilli Beans ou no site www.bilheteriadigital.com.br.

Maiores informações pelo site: www.shootobrasilia.com.br. Ou com os produtores: Luciano Girade pelos telefones: (61) 3223-7777 / (61) 8403-4800 e ID 83*86553; e Edmar Bittencourt Filho pelo (61) 9144-9098 e ID 118*38122.

ATLETAS PARTICIPANTES:
CARD DO EVENTO

ALEXANDRE PANTOJA (RJ) x JOSÉ MARIA SEM CHANCE (RJ) 56kg

KADÚ MONTEIRO (BSB) x JOHN LINEKER (Curitiba) 60kg

JOSÉ WILSON (BSB) x JOHNY EDUARDO (RJ) 66kg

ELLENI PIT (BSB) x ANISTAVO GASPARZINHO (Natal) 70kg

RONNYS TORRES (RJ) x GUILHERME KIOTO (Natal) 76kg

HERNANI PERPÉTUO (RJ) x MARCO ANTONIO BAD FACE (Curit.) 76kg

FELIPE OLIVIERI (RJ) x PAULO BANANADA (RJ) 65kg

PEDRO GALIZA (RJ) x PETERSON ALMEIDA CHACAL (SP) 83kg

DISPUTA DO CINTURÃO SUL-AMERICANO A T É 1 0 0 K G
GUTO INOCENTE (BSB) X ANTÔNIO SAMURAI (Fortaleza)A T É 9 1 K G
DIOGO OZAMA (BSB) X RONNY MARQUES (Fortaleza)A T É 8 3 K G
LEANDRO BATATA (Goiânia) X CARLOS ÍNDIO (Natal)A T É 6 5 K G
FELIPE OLIVIERI (RJ) X PAULO BANANADA (Natal)
SOBRE O SHOOTO BRASIL

O Shooto foi o primeiro evento de Vale Tudo profissional realizado no Japão e foi fundado por Satoru Sayama. Organizado pela primeira vez no fim da década de 80 recebeu o nome de Japan Open, contando com os nomes mais sagrados do Vale Tudo. É um dos mais tradicionais eventos de MMA do mundo, que já foi considerado no meio da luta como o "Pride dos Leves" e que revelou ao mundo grandes nomes do Vale Tudo mundial.
O evento Shooto apresenta um mix de artes marciais em campeonatos de luta com regras, comandado pela Shooto Association e pela International Shooto Commission.
O Shooto South America é um evento que acontece 6 vezes por ano no Rio de Janeiro ou em outros Estados brasileiros. O objetivo do Presidente André Pederneiras é oferecer uma oportunidade para que os melhores lutadores participem da competição no Japão.
O perfil do público freqüentador do Shooto Brasil é amplo, a idade é variada e é um evento para ambos os sexos. A sofisticação do Shooto Brasil é marcante, por ser um evento selecionado, o público encontrará um ambiente amistoso e muito confortável. O MMA está vivendo uma verdadeira transformação e está entrando em uma nova fase aqui no Brasil, impulsionado principalmente por três fatores essenciais:

. Profissionalização do esporte

. Crescimento exponencial de fãs

. Sucesso dos lutadores brasileiros no exterior

O Shooto está tornando o Brasil em um pólo importante no mundo das artes marciais. Os melhores atletas do mundo no MMA (Mixed Martial Arts) são brasileiros. Então, nada mais certo do Brasil ser o núcleo para o encontro de todos os lutadores, inclusive estrangeiros. Isso tudo, junto com a grandiosidade do evento, ajuda a trazer visibilidade para o país e principalmente para o Estado onde será realizado.

SOBRE O MMA (Mixed Martial Arts)

Você já ouviu falar em MMA? Ou em Mixed Martial Arts? Ou ainda em Vale Tudo? Sim, certamente você já deve ter ouvido falar deste que é um dos esportes que mais crescem em todo o mundo atualmente.

O MMA é definido como uma modalidade de luta onde os praticantes não precisam seguir um estilo específico de arte marcial. Vem daí o nome "técnico" do esporte: Mixed Martial Arts (Artes Marciais Misturadas). O esporte possibilita ao praticante utilizar qualquer golpe ou técnica das mais diferentes artes marciais como o boxe, jiu-jítsu, caratê, judô, muay thai, entre outras. O bom lutador é aquele que domina boa parte dos principais golpes de uma grande variedade de artes marciais e sabe aplicá-los no momento certo.Hoje, o MMA está vivendo uma verdadeira transformação devido a três fatores essenciais:

. Profissionalização do esporte

. Crescimento exponencial de fãs

. Sucesso dos lutadores brasileiros no exterior

Ao contrário do que todo mundo acha, não "vale tudo" no MMA. O esporte está evoluindo e profissionalizando-se de tal maneira que as regras estão cada vez mais rígidas. O intuito de toda esta evolução é preservar cada vez mais a integridade física do atleta.

Os números do MMA impressionam. Existem sites profissionais jornalísticos e lojas virtuais com vendas específicas de produtos voltados ao mundo das lutas. Dentro destes sites existem fóruns mantidos pelos usuários que trocam informações e difundem o esporte. As taxas de compra do pay-per-view de grandes torneios são imensas, assim como a venda dos ingressos.
O MMA no Mundo

Atualmente, o MMA é disputado em todos os continentes - os países que mais formam lutadores são o Brasil, Japão, Estados Unidos e Rússia. Os primeiros eventos precursores do MMA datam de 648 a.C. e surgiram na Grécia. Os gregos criaram o Pankration, uma combinação de duas palavras gregas: pan, que signi ca tudo ou vários, e kratos, que signi ca força. O esporte, que era uma mistura de boxe e wrestling, logo se tornou o evento mais popular dos jogos olímpicos. Esse é o primeiro registro da existência de algo semelhante ao MMA. O declínio do Pankration coincidiu com a ascensão do Império Romano. A luta mista deixou de ser tão popular, dando lugar a esportes como o boxe e o wrestling, que eram mais difundidos no Ocidente.
Em 1925 os combates com mistura de diferentes artes marciais voltaram ao cenário mundial graças a uma família de brasileiros. A história do moderno MMA está intimamente ligada à história da família Gracie. Carlos Gracie aprendeu a lutar judô com Mitsuyo Maeda, um japonês que vivia na mesma região. Mais tarde Carlos ensinou o esporte a seus irmãos e aos poucos foi adaptando as regras e golpes do mesmo, criando o jiu-jítsu brasileiro.
Logo Carlos abriu uma academia no Rio de Janeiro. Com o intuito de chamar a atenção para a mesma, ele inventou o "Gracie Challenge", onde desa ava outros lutadores. Estes desa os serviam para que os Gracies promovessem sua luta, mostrando que podiam derrotar qualquer adversário, não importando a arte marcial que praticasse. Os combates ficaram conhecidos como Vale Tudo.
As lutas foram ganhando popularidade tal que passaram a ser realizadas em estádios de futebol. A idéia era mostrar que era possível derrotar qualquer adversário, seja qual fosse o seu porte físico. Os Gracies foram tão felizes em sua "empreitada" que acabaram levando a sua arte para os Estados Unidos, onde montaram uma academia e passaram a ensinar o jiu-jítsu brasileiro.

UFC (Ultimate Fighting Championship)

A partir de então, grandes eventos passaram a ser organizados. Em 1993 aconteceu o primeiro Ultimate Fighting Championship (UFC), vendendo 86 mil cotas de per-pay-view já na primeira edição. Na terceira edição do evento o número de cotas vendidas pulou para 300 mil. Os primeiros UFCs tinham poucas regras, não havendo divisão de peso, limite de tempo ou equipamento de segurança. A luta ocorria em uma gaiola octogonal, chamada de "The Octagon". A partir de então o evento foi evoluindo e hoje é, sem dúvida, um dos maiores da modalidade. Normalmente os lutadores disputam eventos menores durante cerca de 5 anos para então começarem a competir em eventos maiores como o UFC, o Pride e o K-1.

Reality Show

O MMA está se tornando tão popular que, nos EUA existe há um bom tempo o reality show "The Ultimate Fighter". O programa, que já está em sua quinta temporada, reúne 16 grandes lutadores em uma casa. As semelhanças com o que você conhece no Brasil terminam por aqui. Para ser eliminado, nada de votos ou prova do líder - o lance é dar literalmente muita "pancada" no adversário. O reality show pode ser acompanhado no site oficial do programa.

Prática

A prática do MMA passa antes de tudo por muito treino em alguma arte marcial específica. Normalmente, um bom lutador de MMA já se destacou em alguma arte marcial. As academias ficam de olho nos talentos específicos de cada lutador e o encaminham para o treino de MMA quando ele está pronto para isso. Sua prática de MMA está se tornando comum também entre aqueles que querem apenas fazer um exercício físico. As academias oferecem aulas de MMA para os mais variados públicos, de lutadores profissionais a mulheres que desejam apenas manter a forma.

Não existe uma idade mínima para começar a treinar MMA. Crianças de 5 e 6 anos praticam artes marciais como caratê e judô. Aos 12 e 13 anos já estão aptas a misturar as artes em uma aula mista, por exemplo - o que está a um passo do verdadeiro MMA.

Normalmente, até os 14 anos, as crianças e pré-adolescentes aprendem a técnica dos golpes e fazem condicionamento físico. O ideal é que o contato físico mais intenso nas aulas aconteça apenas depois disso. Como todo esporte de contato, os riscos de lesões existem. É muito importante saber escolher o local adequado para a prática. Existem excelentes academias espalhadas por todo o Brasil. Certifique-se de que o seu instrutor possui o conhecimento adequado. É importante também que você respeite as limitações do seu corpo.
Não há registro de morte em luta profissional de MMA. Em toda luta oficial existe uma equipe médica acompanhando bem de perto os lutadores - a prioridade é manter sua integridade física. O que mais acontece são cortes, em virtudes de socos. Eventualmente um lutador quebra um braço quando cai sem jeito.Popularidade do esporte
Nas últimas edições, o evento Americano UFC (Ultimate Fight Championship) vendeu em média 1 milhão de assinaturas de PPV (pay-per-view), gerando uma receita de U$ 40 milhões e mais 20.000 ingressos para assistir no ginásio, com bilheteria de mais de U$ 4 milhões.
O MMA é hoje um esporte de alta performance, além de ser um verdadeiro show de ntretenimento. Os limites existem, mas apenas dentro dos ringues. Fora de combate, não há limite para o número de fãs deste esporte, que triplicam a cada ano que passa.


Cris Cavalli

Assessoria de Imprensa

Um comentário: