segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Skate dá show e define campeões 2013 do Jump Festival


A décima edição do maior evento de esportes radicais do Brasil chegou ao fim neste domingo (29). Realizado no estacionamento externo do Shopping Tamboré, em Barueri, Grande São Paulo, o skate foi uma das atrações mais festejadas pelo público que compareceu para ver as manobras radicais do Jump Festival. O half-pipe e a skate plaza, onde pela manhã aconteceram as finais das categorias vertical e street, atraíram entusiastas de manobras radicais.
Os vencedores foram conhecidos à tarde, coroando as ótimas atuações de Sandro Dias, o "Mineirinho", da categoria skate vertical profissional; Karen Jonz, na skate profissional feminino; Ian Landi na vertical amador; e Pablo Cavalari no street amador.

Sandro Dias revelou que estava ansioso para saber o resultado. "Fiz uma volta boa no final, mas estava por conta das notas, já que o Pedrão (Pedro da Silva Barros, o segundo colocado) também andou muito. E eu estava nervoso, porque estava nas mãos dos juízes. Mas deu certo", disse. "Foi uma boa competição. Se o Pedro fosse campeão, o título também estaria em boas mãos", considerou.
Já Karen Jonz era só sorrisos ao final deste domingo. A competidora fez 29 anos no dia em que foi coroada campeã do vertical feminino do Jump Festival. Pela primeira vez, uma competição feminina foi premiada em dinheiro. "Não costumo gostar muito de aniversário, mas este foi muito importante por ser a primeira vez que a categoria está recebendo premiação em dinheiro. Um campeonato que vai ficar para a história, justamente por causa disso. O dia que o feminino realmente se profissionalizou", comemorou a atleta, que foi campeã dos X-Games em Los Angeles, em 2008.

Ian Landi foi o melhor da categoria vertical amador e não podia estar mais feliz. "Graças a Deus deu tudo certo. Claro, é o melhor resultado que pode existir. Foi o meu melhor resultado na carreira. Antes eu era iniciante e agora estou treinando pra valer. Vou muito feliz para casa, hoje", comemorou o extasiado skatista.
No street amador Pablo Cavalari faturou o primeiro lugar. "É uma emoção muito grande, não tenho palavras para descrever o que estou sentindo", disse, após receber o troféu. Há 14 anos no skate, Cavalari participa pela segunda vez do Jump Festival. No ano passado, ele já havia conquistado o título da categoria. "Fico muito feliz em poder estar no pódio novamente, ainda mais no primeiro lugar", comemorou.

Confira o resultado do vertical profissional:

1º) Sandro Dias "Mineirinho"
2º) Pedro da Silva Barros
3º) Dan Cesar
4º) Raul Roger
5º) Ítalo Penarrubia
6º) Edgar Pereira"Vovô"
7º) Carlos Felipe Niggli
8º) Martin André
9º) Felipe Cesar Caltabiano "Foguinho"
10º) Mizael Simão

O resultado final da categoria vertical feminino:
1º) Karen Jonz
2º) Renata Paschini
3º) Bia Sodré
4º) Letícia Gonçalves Magalhães

Categoria vertical amador:
1º) Ian Landi - média de 82,67 pontos
2º) Augusto Akio Santos "Japinha"
3º) Gabriel Machado Silva "Biel"
4º) Vinícius Barbosa "Vi Kakinho"
5º) Ricardo Davi Ferrari
6º) Matheus Mello dos Santos "Topogigio"
7º) Alan Resende dos Santos
8º) Mateus Gomes Guerreiro
9º) Victor Sposito "Vitão"
10º) Gustavo Fujikawa

Os melhores no street amador:

1º) Pablo Cavalari
2º) Jonathan Vieira Domingo "Mentex"
3º) Hermiogenes Microfone
4º) Felipe Marcondes
5º) Lucas Marques Beloti
6º) Igor Smith Rocha
7º) João Pedro Oliveira "JP"
8º) Kauê Kossa
9º) Leonardo Spangero
10º) Ricardo Alves


 
Por: redação
Fonte: 360 Graus
Foto: divulgação

Um comentário: