quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Brasil ganha evento de MMA exclusivo para mulheres para revelar novas Cris Cyborgs

Primeira edição do Pink Fight está marcada para o próximo dia domingo (29), na Bahia
Mellhor lutadora do mundo, brasileira Cris Cyborg pode ver surgir novas promessas do MMA no Pink Fight
Contrariando o cenário do MMA feminino internacional, que apresenta espaço reduzido para os combates entre mulheres, o mercado brasileiro está agitado com a chegada do promissor Pink Fight, primeiro evento exclusivo para lutadoras, que acontece no próximo domingo, em Porto Seguro (Bahia), e tem como missão revelar novas Cris Cyborgs para o esporte.
Idealizado pelo mesmo idealizador do Jungle Fight, o ex-lutador Wallid Ismail, o Pink contará com seis disputas envolvendo competidoras de algumas das mais tradicionais equipes de MMA masculino, como Nova União (time de Zé Aldo), e RFT (equipe liderada por Márcio Cromado).

A luta principal da noite contará com um clássico duelo entre Rio de Janeiro e São Paulo, na categoria até 57kg. Especialista em luta-livre, Bete Tavares medirá forças com a potente lutadora de muay thai Kalindra Faria, que representa a equipe paulista Gibi Thai, que já revelou o atleta do UFC Luiz “Banha” Cane.

Pink Fight 
Passarela do Descobrimento - Porto Seguro (BA)


Bete Tavares x Kalindra Faria
Juliana Aguiar x Weyde Ventura 
Alline Serio x Mylla Souza 
Alessandra Silva x Hérica Tiburcio 
Rosana “Chun-Li” x Cristiane Schmitz 
Deize “Gorila” x Kaká Naja 

Fonte: R7
"proradicalskate"

Um comentário: